BAIXA PRODUTIVIDADE, ESQUECIMENTO E ESTRESSE? CONHEÇA A TÉCNICA QUE PODE TE AJUDAR A MUDAR ESSE CENÁRIO SEM GASTAR 1 REAL

Conheça a técnica de meditação não-religiosa que tem ajudado a tratar estresse e dores crônicas, além de melhorar a concentração e aumentar a imunidade.

um comentário

capa 21-03-18

Atualmente alguém que não sofre de nenhuma das mazelas citadas no título desse artigo, oriundas da agitada vida urbana, é uma exceção. A grande maioria da população se não sofre, sofreu ou sofrerá o ônus de tantas tarefas, contas, preocupações e compromissos sociais.

Nesse turbilhão de atividades, somado a quantidade de estímulos que recebemos todos os dias, sejam eles visuais, auditivos ou cinestésicos, nossa mente é a primeira a se cansar de tanta informação para lidar, e é neste momento que o estresse nos assola e aos poucos nos impossibilita de atingir um melhor rendimento em diversas áreas de nossas vidas, e sabendo disso, o médico e cientista norte-americano Jon Kabat-Zinn criou o sistema mindfulness, uma técnica utilizada no tratamento de estresse e dores crônicas.

Você já deve ter ouvido falar na tal meditação para atenção plena, que nada mais é do que o mindfulness sistematizado por Kabat-zinn, uma forma de meditação não-religiosa, que consiste em te ajudar a estar 100% presente onde quer que esteja, colocando atenção plena no que estiver fazendo. O mindfulness é interessante pois pode ser praticado tanto em postura de meditação, quanto dirigindo ou trabalhando.

Isso ocorre porque sempre que alguém estiver 100% presente no que estiver fazendo, se mantendo o mais atento possível ao seu redor, estará de alguma forma, praticando mindfulness.

Talvez você seja, assim como eu, uma pessoa ligada no 220v e que, portanto, tem dificuldade com meditação, então está aí mais um motivo para você experimentar meditar e insistir um pouco até começar a se acostumar. Confesso que nas primeiras vezes me sentia nervosa, minha cabeça não parava de trabalhar e durante as práticas eu só pensava: “Eu devo estar louca, tenho tanta coisa para fazer, por que estou aqui parada prestando atenção em minha respiração?”.

Mas como o mindfulness foi praticamente uma prescrição médica eu resolvi acatar e chegou um momento em que eu comecei a sentir falta de meditar quando o dia havia sido muito corrido e não dava tempo.

O resultado depois de 1 mês de 10 minutos diários de mindfulness foi claramente perceptível, passei a ter menos pressa, não ficava tão preocupada como antes com todas as minhas atribuições, aprendi a fazer uma coisa de cada vez e passei a ter mais paciência com os meus filhos.

Depois de 3 meses percebi uma melhora na imunidade e um aumento no meu rendimento profissional, achei a prática tão simples, nada de vela, incenso ou mantra, e ao mesmo tempo tão eficaz que quis compartilhar aqui no blog, pois acredito que possa ajudar outras pessoas tanto quanto me ajudou, ou até mais.

Para auxiliar quem quer começar, separei um vídeo para ouvir com fone em um lugar tranquilo e experimentar um pouquinho dessa prática, que apesar de ter uma base do zen budismo não é religiosa, e pode ser praticada com fins terapêuticos, independentemente de credo.

MINDFULNESS PARA INICIANTES

Para começar, 5 minutos são suficientes, o importante é manter constância e praticar o máximo de dias possíveis, de preferência todo dia.

Veja qual é o melhor horário para você e boa meditação!

 

 

1 comentário em “BAIXA PRODUTIVIDADE, ESQUECIMENTO E ESTRESSE? CONHEÇA A TÉCNICA QUE PODE TE AJUDAR A MUDAR ESSE CENÁRIO SEM GASTAR 1 REAL”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s