ORGANIZE SUA VIDA FINANCEIRA EM 3 PASSOS

Saiba como organizar sua vida financeira em 3 passos para começar um 2018 com a consciência tranquila.

um comentário

 

Confira 3 atitudes que te ajudarão a colocar sua vida financeira em ordem e começar um 2018 mais leve

 

Na década de setenta todo mundo foi para a escola e aprendeu a ler, escrever e fazer conta, mas ninguém aprendeu educação financeira. O que hoje é moda, e uma moda muito boa por sinal em algumas escolas particulares, na minha época era algo que nem se imaginava. Pois é, os tempos são outros e quem não buscou essa informação nos Googles da vida ficou para trás ou com a vida financeira toda enrolada, e para começar a desenrolar quero entregar a você, mulher que empreende, 3 dicas valiosas para organizar sua vida financeira, afinal agora você é uma mulher de negócios e é seu dever estar com as contas em dia.

Quando comecei meu negócio estava em uma situação financeira muito crítica e sei bem que as vezes não dá para esperar as coisas clarearem para começarmos nosso empreendimento. Não é o ideal começar com dívidas ou em situações de muito aperto, mas é possível.

Conheço empreendedoras, que quando começaram tinham dinheiro suficiente para comprar ingredientes para uma assadeira de bolo e com o valor do que foi vendido compraram ingredientes para 3 assadeiras e assim começaram um negócio bastante lucrativo, contudo, existem algumas regras básicas que devem ser levadas em conta neste início dificultoso para que você não se complique. E a primeira delas é: organize sua vida financeira como nunca.

Acabou essa história de receber um dinheiro e passar na perfumaria ou em uma loja de promoção, ou ainda, no vilão número 1, o supermercado e sair comprando porque está barato e depois não saber para onde foi o dinheiro e nem quanto você gastou.

Se você não for uma boa gestora das finanças em sua casa porque seria na sua empresa?

Seja uma excelente gestora de maneira integral, em todos os lugares, a onde quer que vá.

Para te ajudar a empreender com qualidade e tranqüilidade, separei 3 dicas valiosas para te ajudar a organizar sua vida financeira pessoal primeiramente, para que você não comece mal, pegando dinheiro da empresa para cobrir seus gastos pessoais sendo que nem conseguiu ainda pagar seus custos empresariais como aluguel, funcionários, fornecedores, etc.

 chekicon

1º DICA – Se livre das dívidas: renegocie e aproveite o 13º

Se você tem alguma dívida e já estava pensando em aproveitar seu 13º salário para comprar presentes para a família inteira, pode ir tirando seu cavalinho da chuva! É claro que nas festas queremos presentear as pessoas que amamos e que foram importantes durante o ano, mas às vezes vale mais um cartão de agradecimento do que você começar seu ano mais uma vez endividada, portanto, pense bem antes de comprar os presentes de natal com o seu décimo.

Se você tem dívidas em primeiro lugar faça uma lista de todas elas, ligue nos lugares onde está devendo e veja quanto fica a quitação à vista e a prazo. Faça isso em todos os lugares em que está em débito, coloque tudo na ponta do lápis e veja o que vale a pena e o que você pode quitar à vista para não ter que pagar 2x o valor que está devendo com os juros do parcelamento.

Porém, se não for possível quitar de uma única vez, dê prioridade às contas com o juros mais altos, geralmente, cartão de crédito e cheque especial, e lembre-se: evite pagar o mínimo da fatura do seu cartão, pois a tendência é virar uma bola de neve.

Alguns especialistas em finanças aconselham pegar um empréstimo consignado para quitar todas as dívidas e depois ir pagando apenas o empréstimo, pois essa é uma forma de fazer parar de correr os juros das suas contas em aberto e concentrar todos os seus débitos em um único lugar.

Vale colocar no papel e verificar o que vale mais a pena, há casos em que usar este método triplica a sua dívida, de um empréstimo de 2.000,00  você pode acabar pagando até 10.000,00, por isso. Se fizer empréstimo pesquise a menor taxa de juros ou pegue emprestado com algum familiar ou amigo que pode nem querer te cobrar os juros, mas por favor, pague a dívida e honre seu compromisso assim que puder.

chekicon

2ª DICA: Anote tudo que gasta

Até um chiclete? Sim, até um chiclete, o cafezinho, a pipoca do cinema, absolutamente tudo. Por quê? Porque boa parte do nosso dinheiro vai embora com os chamados gastos fantasma, que são estes pequenos roedores que estão infiltrados no nosso dia-a-dia e não nos deixam ver a cor do dinheiro no fim do mês. Sabe aquela famosa frase: gastei meu dinheiro e nem sei onde. Ela vai sumir da sua boca, ou melhor, da sua vida, a partir do momento em que você se dispuser a anotar tudo o que gasta. Você pode usar um aplicativo pra te dar uma mãozinha.

icone celular

Listei  aqui 5 aplicativos para você começar já a organizar a sua vida financeira:

  1. Organizze

Ótimo porque tudo que você registra fica salvo também em uma nuvem, assim pode acessar suas informações no seu laptop.

Clique aqui e visite o site do Organizze

  1. Money Care

Muito prático e intuitivo, ideal para quem vai usar um app de finanças pela primeira vez e o melhor: todo em português.

  1. Toshl Finance

#1! Muito bom, simples e divertido porque quem te ajuda a organizar suas finanças é um monstrinho. É o que eu uso atualmente e recomendo.

  1. Guia Bolso

Muito legal porque com ele é possível sincronizar sua conta bancária e seu cartão de crédito. Super prático!

  1. Mobilis

Também com plataforma on-line o mobilis permite que você se organize e aprenda como usar o app da melhor forma. Entrando no site você pode baixar gratuitamente um e-book sobre os benefícios de se organizar com um app de finanças. Excelente!

Não deixe de anotar! Se você acha trabalhoso anotar seus gastos, pense na dor de cabeça que você vai evitar ao se organizar melhor.

E é claro, controle-se! Não é porque eu tenho uma loja que eu quero que você gaste aquilo que você não pode, eu incentivo as minhas clientes que eu sei que tem condições a comprarem excelentes presentes de natal na loja para aquelas pessoas que fizeram diferença no seu ano, dou desconto sempre que possível, mas não forço venda, nem convenço a cliente a levar se ela mesma colocou que está em uma situação financeira difícil.

Essa história de que “eu levei porque a vendedora me convenceu” também não cola, a vendedora tem o papel dela de promover o produto que vende, o seu papel, se está apertada é de ser responsável pelo dim dim que sai do seu bolso.

chekicon

3º PASSO – Planeje como pretende gastar seu dinheiro

 Antes de receber já comece a pensar em como você vai gastar seu dinheiro, principalmente no final do ano em que a gente recebe mais, mas também gasta mais, lembrando das despesas de janeiro que costumam ser altas.

Todo começo de ano temos as nossas despesas de praxe:

  • IPTU
  • IPVA
  • Matrícula dos filhos;
  • Fatura do cartão de crédito de dezembro.

Por isso se organize, pense com carinho no destino do seu 13º salário e reserve uma parte para dar uma aliviada nessas despesas do começo do ano.

Os especialistas em inteligência financeira sugerem que do valor total da nossa receita 50% seja destinada para custos de sobrevivência, isto é, aquelas contas fixas e obrigatórias como condomínio, aluguel, mercado, água, luz, telefone e internet, e dos 50% restantes, 20% devem ser destinados a presentes e lazer e 30% para investimento. Nos investimentos inclui-se previdência, poupança ou algum tipo de doação que faça mensalmente a alguma instituição como Igrejas, Ongs, creches,etc.

Por exemplo: de uma renda mensal de R$ 3.000,00, R$ 1.500,00 entra como custo de manutenção, R$ 900,00 como investimento/doação e R$ 600,00 como lazer e presentes.

Gráfico Custo de Manutenção

Trinta por cento do seu orçamento pode parecer uma fatia grande para destinar a investimentos, mas a intenção é essa mesmo, que você comece a pensar no dinheiro como semente e a estabelecer uma relação de construção a longo prazo com ele, e é claro, que você comece a investir.

Em dezembro você pode reservar uma parte maior para presentes e lazer e reduzir a porcentagem de investimento, dessa forma você não compromete nem suas compras de natal, nem sua conta bancária, de modo que contando com a mesma renda, R$ 900,00 seria destinado a lazer e presentes e R$ 600,00 a investimentos.

Gráfico Custo de Manutenção 2

No mês de janeiro, fevereiro e março a minha sugestão é que você reserve 60% para seus gastos de manutenção, afinal costumamos comprar em dezembro parcelado e a conta vem no começo do ano, além de gastos como IPTU, IPVA, matrícula dos filhos, uniforme e material escolar. Desta forma, com a mesma renda, 1.800,00 serão destinados à manutenção mais os gastos de janeiro citados acima, 600,00 fica destinado a lazer, e 600,00 a investimento.

Gráfico Custo de Manutenção 3

E então? Pronta para aplicar estes passos e organizar de uma vez por todas a sua vida financeira?

iconelivro

Indicação de livros:

 

 

Marcela Marçal é uma mulher que empreende. Casada, mãe de dois meninos, é uma das proprietárias da marca Sétima Essência – Moda Feminina, há 25 anos no mercado, atualmente com lojas físicas na cidade de Santos e um e-commerce que atende clientes no atacado e varejo em todo Brasil.

 

 

 

 

 

1 comentário em “ORGANIZE SUA VIDA FINANCEIRA EM 3 PASSOS”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s